Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \24\UTC 2011

. Desafios

Os desafios da alma não são fáceis.
Mas o crescimento que advém da aceitação desses desafios é sempre compensador.
Não aceite viver uma vida medíocre só porque é mais fácil.
O mundo, felizmente, será sempre cheio de desconhecidos, de alturas que nunca foram alcançadas; lugares que nunca foram vistos; idéias que nunca foram pensadas; criações que nunca foram criadas.
Não é preciso que sejam imensas alturas, nem fantásticas idéias, nem estupendas criações…
Basta que seja um pouco mais que seu limite de agora.
Não caia na tentação de aceitar limites confortáveis, onde procurará simplesmente viver do jeito que der e até quando puder.
Se você se esforçar em ampliar os seus limites, um pouco de cada vez, porém sempre mais, sempre se expandindo, descobrirá a verdadeira finalidade da vida e o prazer de vencer o maior dos desafios: o de superar a si mesmo.
Descubra seu caminho, pois ninguém mais pode descobri-lo por você.
E siga-o, pois só você pode trilhá-lo.
Respeite seus sonhos e ideais e nunca, nunca desista deles, pois eles são a única coisa concreta num mundo de sombras em eterna mutação.
.
(Rosana Zoelner)

Read Full Post »

. Apaixone-se


Amanhã, apaixone-se.
Porque o dia seguinte é o dia mais importante da sua vida.
É no dia seguinte que sabemos se o dia de ontem valeu a pena.
É no dia seguinte que acordamos para a realidade ou dormimos no sonho.
A vida da gente começa no dia seguinte e só existe uma maneira de viver: APAIXONADO.
Por isto dance, dance como se ninguém estivesse vendo você,
Trabalhe como se não precisasse de dinheiro,
Corra como se não houvesse a chegada,
Ame como se nunca tivesse sido magoado antes,
Acredite como se não houvesse frustração,
Grite como se ninguém estivesse ouvindo,
Beije como se fosse eterno,
Sorria como se não existissem lágrimas,
Abrace como se fossem todos amigos,
Durma como se não houvesse amanhã,
Crie como se não existisse crítica,
Vá como se não precisasse voltar,
Faça a próxima viagem como se fosse a última,
Vista-se como se não conhecesse espelhos,
Proponha como se não existissem as recusas,
Brinque como se não tivesse crescido,
Levante como se não tivesse caído,
Mergulhe como se não houvesse medo,
Aprecie como se fosse eterno,
Viva como se não houvesse fim.
Apaixonar-se é um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, espere, regue e cuide.
Terá um jardim.
Mas esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excesso de chuvas.
Se desistir, não terá um jardim.
Terá um descampado.
A paixão não se vê, não se guarda, não se prende, não se controla, não se compra, não se vende, não se fabrica.
A paixão é a diferença entre o sucesso e o fracasso.
Entre a dúvida e a certeza.
Entre aqueles que gostam do que fazem e aqueles que fazem o que gostam.
Apaixonados não esperam, agem.
A paixão é o que faz coisas iguais serem diferentes.
Lembre-se que a arca de Noé foi construída por apaixonados que nada conheciam de navegação e de embarcação e o Titanic foi feito por engenheiros profissionais, fabulosos, que queriam mostrar seu poder.
Amanhã, quando acordar, pense se hoje valeu a pena e APAIXONE-SE.
Porque em 24 horas você vai entrar no dia mais importante da sua vida:
O DIA SEGUINTE.

(autor desconhecido)

Read Full Post »

. Poças de lama

Quando olho dentes-de-leão, eu vejo ervas daninhas invadindo meu quintal.
Meus filhos vêem flores para a mãe e sopram a penugem branca pensando em um desejo.

Quando olho um velho mendigo que me sorri, eu vejo uma pessoa suja que provavelmente quer dinheiro e eu me afasto.
Meus filhos vêem alguém sorrir para eles e sorriem de volta.

Quando ouço uma música, eu gosto.
Mas não sei cantar e não tenho ritmo; então me sento e escuto.
Meus filhos sentem a batida e dançam.
Cantam e se não sabem a letra, criam a sua própria.

Quando sinto um forte vento em meu rosto, me esforço contra ele.
Sinto-o atrapalhando meu cabelo e empurrando-me pra trás enquanto ando.
Meus filhos fecham seus olhos, abrem seus braços e voam com ele, até que caiam a rir por terra.

Quando rezo eu digo Tu e Vós e conceda-me isto, dê-me aquilo…
Meus filhos dizem: “Olá Deus! Agradeço por meus brinquedos e meus amigos.
Por favor, mantenha longe os maus sonhos hoje a noite.
Eu ainda não quero ir para o céu.
Eu sentiria falta de minha mãe e do meu pai.”

Quando olho uma poça de lama eu dou a volta.
Eu vejo sapatos enlameados e tapetes sujos. Meus filhos sentam nela.
Vêem represas para construir, rios para cruzar e bichinhos para brincar.

Eu só queria saber se os filhos nos foram dados para os ensinarmos ou para aprendermos…

Eu recomendo que você aprecie as pequenas coisas da vida, porque um dia poderá olhar para trás e descobrir que eram grandes coisas grandes.

E, para finalizar, desejo a você grandes poças de lama… e dentes-de-leão!!!

(autor desconhecido)

Read Full Post »